Notícias

Confira as notícias

6 de fevereiro de 2018

NOTA DE REPÚDIO


O Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional vem repudiar o uso do perfil oficial da Advocacia-Geral da União (AGU), no Facebook, como propaganda política, visando a aprovação da imoral e injusta reforma da Previdência.

A AGU, como instituição de Estado, não pode servir para interesses político-partidários. O projeto não visa resolver os problemas da Previdência, mas apenas privatizar o gerenciamento de recursos bilionários do custeio desse importante sistema.

Trata-se, mais uma vez, do uso indevido da máquina pública para fins políticos. Há notícias de acordos não republicanos, utilização excessiva de verbas públicas em publicidade, negociação de cargos estratégicos da nação por apoio e, agora, utilização de redes sociais oficiais para aprovação da reforma.

Os atuais e futuros aposentados não quebrarão o país. O futuro do Brasil é sonegado diariamente pelos inúmeros perdões de dívidas bilionárias, sucateamento das carreiras de Estado e pela corrupção.

 

Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional

Compartilhe


Voltar

Alguns Destaques

Iolanda Guindani, diretora do SINPROFAZ, fala sobre a ação do Sonegômetro e Lavanderia Brasil em em Porto Alegre. O evento foi realizado pelo SINPROFAZ e AFOCEFE.
18/08/2016

José Carlos Loch, Procurador da Fazenda Nacional, fala sobre a ação do Sonegômetro e Lavanderia Brasil em em Porto Alegre. O evento foi realizado pelo SINPROFAZ e AFOCEFE.
18/08/2016

Filipe Loureiro, Procurador da Fazenda Nacional, fala sobre a ação do Sonegômetro e Lavanderia Brasil em em Porto Alegre. O evento foi realizado pelo SINPROFAZ e AFOCEFE.
18/08/2016

Veja também